Cursos de professores para professores

A história que me contaram sobre histórias
01/09/2017
Transmídia da educação?
01/23/2017
Show all

Cursos de professores para professores

Isso irá revolucionar a educação! Eis uma frase que provavelmente irrita um bom número de professores. Já é comum apontar para o fato de que salas de aula possuem um modelo de ensino similar há muito tempo. Apesar de inovações no modelo de aula expositiva e na relação entre professor e aluno, fato é que o modelo de um professor, uma louca, giz e uma sala cheia de alunos não irá mudar tão cedo.
O que também não parece mudar é a presença de grupos, ou indivíduos, com alguma técnica ou produto que deve alterar a forma como professores fazem seu trabalho. É um fato que a maioria das mudanças sugeridas no sistema de ensino não partem direto de professores. Mas é possível mudar isso.
É um fato a maior causa para o sucesso de uma aula é a presença de um bom professor. Sendo assim é fácil assumir que o que pode mais contribuir para o sucesso de uma aula é a proliferação de técnicas, ideias e soluções vindas desses professores. O contato entre professores, porém, é muito limitado. Mas isso vem mudando com o advento de cursos online.
Hoje em dia é relativamente fácil gravar vídeos e disponibilizá-los na internet e há sistemas que tornam cada vez mais simples que professores ensinem outros professores como aplicar uma boa aula. O melhor é que esse conhecimento pode ser transmitido de maneira gratuita ou remunerada, de acordo com as preferências do educador.
Uma forma de compartilhar informações que vem sendo utilizada por professores há algum tempo é a utilização de blogs, fóruns, redes sociais e wikis. Ambientes que não exigem muito conhecimento técnico por parte dos usuários. Aqueles dispostos há compartilhar informação por meio de textos e imagens possuem diversas opções à sua disposição.
Se o professor prefere vídeos, o caminho mais simples é através de plataformas como YouTube. Apesar do ambiente ser mais conhecido pela popularidade de vídeos de entretenimento, há também um nicho educacional em constante ascensão. Professores podem compartilhar aulas e dicas e disponibilizá-las no sistema. Vídeos populares podem inclusive remunerar o professor com a verba vinda de material publicitário.
A possibilidade mais interessante no momento, porém, são plataformas que permitem o compartilhamento de textos, vídeos e imagens, mas a criação de cursos inteiros. Há recursos que permitem a criação de cursos online, que podem ser oferecidos de maneira remunerada ou não, e não exigem grande conhecimento técnico por parte do professor.
Esses cursos são variações da ferramenta Moodle, alterados para facilitar cada vez mais a criação de cursos por usuários sem grandes conhecimentos técnicos. A experiência não é exatamente a mesma oferecida de maneira presencial, mas professores acostumados a dar aulas não devem demorar a se acostumar com esse modelo.
Cursos online não substituem aulas presenciais, a interação entre professor e alunos costuma ser muito mais limitada que em aulas presenciais, mas são muito melhores que várias alternativas. Plataformas que além de promover aprendizagem permitem compartilhamento de experiências não só entre professor e aluno, mas também entre professores, possui um potencial quase ilimitado.
É muito improvável que isso vá revolucionar a educação, mas a facilidade com a qual professores podem agora compartilhar suas próprias ideias, revolucionárias ou não, é um progresso que não deve ser ignorado. Há gente demais dizendo para professores como aplicar uma boa aula, talvez seja melhor deixar que eles discutam isso entre eles mesmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *