O Telecurso virou o Youtube Edu
02/08/2017
Como são os jogos que a Final Quest produz.
03/03/2017
Show all
A incorporação de tecnologias na sala de aula não é um movimento novo. Desde a década de 70 há experimentos com uso deste recurso, mas por que será que até hoje os computadores não são populares em sala de aula? É de se espantar como, em uma sociedade altamente conectada, ainda existam áreas desconectadas.
Quando falamos em áreas desconectadas, estamos fazendo uma hipérbole. É lógico que existem várias iniciativas e modalidades de ensino e aprendizagem que se potencializam com a tecnologia, mas o modelo mais comum de ensino ainda é centrado em aulas expositivas auxiliadas por nada mais que uma lousa e um livro. Portanto, a educação não está conectada aos interesses e rumos que a vida tecnologia demanda.
Na incorporação de tecnologias na sala de aula, existem duas grandes barreiras. A primeira é financeira, computadores em geral são caros, em especial no Brasil, as grande taxas de importação chegam até 70% do valor do produto. A segunda é a dificuldade em capacitar professores para implementação de tecnologia em suas aulas.
Nesse cenário, estamos desenvolvendo o Final Quest Box, um computador de baixo custo, hoje orçado no valor de 50 dólares. Um dispositivo completo que pode atender diversas necessidades da escola. Utilizando a arquitetura do Orange Pi, o Final Quest Box conta com o sistema operacional Android, que além de ser familiar para grande parte do mercado de usuários de smartphones, permite o uso de toda a base de aplicações distribuída pela Google Play.
Outra frente deste projeto é a produção de conteúdos que auxiliem o professor na utilização dos recursos disponíveis pelo Final Quest Box na aplicação em sala de aula. Esse braço do projeto está em desenvolvimento, mas possui potencial tão significativo quando o hardware em si.
Junto ao hardware serão oferecidos uma série de workshops e conteúdos sobre possibilidades de incorporação do computador em sala de aula. O conhecimento necessário para utilizar um computador e para utilizá-lo com fins educacionais são diferentes. É necessário capacitar o professor nesse uso específico da tecnologia. Por isso temos a preocupação em transmitir as ideias que desenvolvemos e adquirimos durantes quase 10 anos de pesquisas com jogos e tecnologia.
Alguns exemplos do que o Final Quest Box é capaz de realizar: acesso à internet, editores de texto e imagem, dispositivo multimídia para reproduzir vídeos e animações, gravação e edição de vídeo e imagem, jogos populares entre crianças e jovens para aplicações lúdico-educacionais, incluindo Minecraft e softwares de astronomia, anatomia humana, física e matemática para aulas de ciências exatas e biológicas.
Os benefícios do Final Quest Box não se restringem à escolas que não possuem computadores, mas também à escolas com computadores mais antigos ou que podem beneficiar de uma maior quantidade de máquinas, inclusive em sala de aula. Como o computador em si é menor que uma fita cassete, pode inclusive ser emprestado à alunos e professores.
A importância do acesso à recursos digitais não precisa ser destacada, pois é uma necessidade básica nos dias de hoje. Crianças que crescem sem compreensão de recursos digitais estarão em séria desvantagem no momento em que ingressarem no mercado de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *